Parto de lótus

 

Screen-Shot-2016-03-10-at-12.27.59-PM

Já ouviu falar em parto de lótus?

Pois bem parto de lótus é um tipo de parto que após o nascimento o bébé fica ligado à placenta, até que haja uma queda natural da mesma, ou seja o cordão umbilical não é cortado à nascença como normalmente acontece, estes partos são considerados os partos mais naturais que existem e costumam ser realizados em casa.

Existem muitas controvérsias quanto a este tipo de partos, muitos defendem que sim, trazem benefícios para o bébé pois continua ligado à placenta e recebe mais nutrientes e muitos defendem que não, que não é benéfico e que podem ocorrer infecções.

ImagemPrincipal-3381

Para aromatizar a placenta, as mães costumam conservá-la com sal grosso, águas de rosas, pétalas de rosa, entre outros.

Beijinhos

Sofia Cruz

 

Anúncios

Sabia que as crianças devem usar óculos de sol?

Os raios ultra violetas nos olhos das nossas crianças:

Os olhos são até 20 vezes mais sensíveis ao sol do que a pele, por isso mesmo, devemos proteger as crianças não abusando da sua exposição e utilizando chapéus, bonés e principalmente óculos de sol.

Os olhos das crianças são mais sensíveis ao sol, pois não estão completamente desenvolvidos, sendo o cristalino dos seus olhos quase transparente até aos 12 anos de idade, por isso apresentam uma maior vulnerabilidade à exposição aos raios UV, raios estes que são mais prejudiciais no Verão.

Muitos de nós desconhecemos o quão prejudicial podem ser os raios UV para os nossos olhos e principalmente para os olhos dos nossos filhos, que absorvem muito mais radiação que os nossos.

A pensar em proteger os olhos dos mais novos, a BABIATORS (marca comercializada em mais de 45 países e com a sua sede mundial nos EUA), oferece 100% de protecção UVA e UVB  (raios nocivos do sol), através dos seus óculos seguros e duráveis.

BAB.jpg

Esta marca não é muito conhecida em Portugal, eu mesma fiquei a conhecê-la à pouco tempo e posso dizer que adorei a experiência e as miúdas também, além de serem óculos de sol super giros, são seguros, pois tem as pontas redondas e armações de borracha e são flexíveis, o que é super importante para quem tem crianças mais pequenas, a BABIATORS tem tamanhos desde os zero aos 14 anos de idade, até 10 cores disponíveis e tem garantia de perda ou quebra até 1 ano.

fig2

 

Para mais informações sobre os seus produtos visitem:

http://www.babiators.com.pt

Super proteger!

crianc3a7as-1

 

“Super proteger, é como, manter uma árvore num vaso pequeno, sem que ela possa crescer”, como eu concordo!

Na minha opinião existem muitas coisas que as crianças podem fazer e aprender por si próprias, nós como pais e seus educadores, não devemos fazer-lhes tudo, devemos dar-lhes espaço para que possam aprender com os seus erros e incutir lhe responsabilidades, por exemplo, uma criança apartir dos 3 ou 4 anos de idade, já pode (e deve) arrumar o seu quarto ou os brinquedos que deixou espalhados pela casa, já pode ajudar a tirar o lixo do WC, ajudar a levantar a mesa ( claro que apenas as coisinhas mais simples e que não sejam perigosas), eu sempre eduquei e continuo a educar as minhas filhas para serem jovens independentes e autónomas faz parte do crescimento, na minha opinião uma criança super protegida é uma criança enjaulada que não pode mexer se ou sujar se à vontade, faz-lhes bem fazerem as suas descobertas, não devemos criar os nossos filhos numa bolha protegidos de tudo, devemos criá-los e educá-los para o mundo, embora sejam um pouco difícil nos dias de hoje, devido a diversos fatores.

Eu como mãe preocupo me, mas não lhes faço todas as vontades nem cedo a todos os caprichos mas deixo-as explorar o mundo à sua vontade e ao ritmo delas, se elas querem sujar-se que se sujem, um bom banho resolve, sempre ouvi dizer que crianças super protegidas tornam se adultos inseguros, a realidade é que pais super protectores transmitem aos filhos as suas próprias inseguranças e medos e isso não é saudável para ambas as partes, por isso o melhor será mesmo dar um pouco liberdade e dar espaço para aprenderem com as suas pequenas aventuras.

Beijinhos

Sofia Cruz

mãe à pressa

IMG_20160509_133313

 

Hoje em dia parece que fazemos tudo à pressa, já não há tempo para sentar, brincar um pouco com os filhos ou mesmo descansar por uns minutos, a vida é muito corrida, saímos cedo e entramos tarde, passamos dias inteiros fora de casa, enquanto que os filhos ficam com alguém da família, amas ou creche, tenho reflectido muito sobre o meu papel na vida das minhas crias, será que trabalhar e trabalhar para lhes dar tudo o que elas têm direito é realmente o melhor?? Será que o melhor não será mesmo dar lhes o meu tempo e dedicar lhes a minha vida por completo? Hoje em dia os valores e as prioridades estão realmente trocadas, mas infelizmente não existe solução para tal problema.

Como será que os nossos filhos nos vêem?? Será que nos vêem apenas como seres apressados que chegam a casa depois de um dia de trabalho cansativo e stressante, que a única coisa que querem é despachar tudo “às pressas”? Será que devemos deixar certas coisas por fazer para lhes dar mais atenção? A resposta para mim é clara, SIM, devemos!

A melhor coisa que podemos deixar aos nosso filhos é aquilo que nós somos, não aquilo que nós temos, os momentos passados em família são os que deixam as melhores memórias no futuro, eu mesma tenho que aprender a não andar” às pressas”, posso dizer que a pior parte do meu dia é quando saio e elas ficam atrás e que a melhor é quando chego e elas correm para mim!!

 

Beijinho

Sofia Cruz