Querida mãe nervosa…

get_img

Querida mãe nervosa estas palavras são para ti…

Tens o peso do mundo sobre os teus ombros, crianças, casa , marido e trabalho tomam conta do teu dia e da tua energia, sentes que não tens um minutinho para ti para pores as tuas ideias em ordem, a tua ansiedade cresce olhas em volta e descobres que o chão que à 5 minutos atrás tu varreste e juntaste todos os brinquedos está coberto de todo o tipo de tralha outra vez, eu sei o quanto tu ficas nervosa quando isso acontece eu sei que sim!

Filhos são uma bênção são tudo o que tu sempre sonhaste ter filhos e uma família, nunca pensaste que ficaria tudo sobre ti, sonhaste com uma família feliz e unida mas infelizmente com o passar do tempo vês que não é bem assim, as crianças fazem birras e desarrumam tudo e tu gritas com elas e a cada dia que passa vais tendo aquela sensação avassaladora de que as crianças estão a crescer e de que grande parte do tempo tu estás com o peito inchado e não é de orgulho pela fantástica mãe que és, mas sim com o peito inchado de ansiedade e nervosismo, a cada dia que passa pensas que podes ser melhor, só que não sabes como, muitas vezes choras…choras porque gritaste e foste um pouco cruel com os teus filhos, ao dizeres palavras menos bonitas, pois eu digo as crianças podem levar te ao limite mas tu és forte pensa que conforme fores desenvolvendo a tua paciência os teus filhos irão desenvolver a sua tranquilidade, o teu nervosismo e ansiedade só os afectam cada vez mais, eles ficam irrequietos, fazendo de tudo para chamar a tua atenção, se tu relaxares e falares com calma, mais depressa eles te ouvirão, nunca te esqueças que os filhos são o reflexo dos seus pais!

Não desperdices o teu dia a limpar e a arrumar, enquanto arrumas e limpas eles crescem e tu também precisas descansar, lembra-te das noites mal dormidas em que te levantas duas ou três vezes aproveita um tempinho para descansares, enquanto eles dormem a cesta, a casa limpas depois.

Quando as crianças te levarem ao limite tenta relaxar ignora, faz como eu e conta até cem, lembra te que os gritos de uma mãe doem para sempre, tenta falar calmamente, que eles ouvem-te!

Aproveita o teu dia para lhes dares mais atenção, muitos beijinhos e abraços, nunca os negues pois pode ser que daqui a uns anos os abraços que tu sintas falta sejam aqueles que tu não destes, as crianças só são crianças uma vez na vida!

Beijinhos,

Sofia Cruz

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s