Remédios caseiros para alivio da tosse.

Chegou o frio e com ele chegam as tosses e febres dos nossos filhotes, veja aqui como pode aliviar a tosse com alguns remédios caseiros, que resultam mesmo (atenção crianças com menos de um ano não podem consumir mel):

hqdefault

  • Xarope de cenoura: descasque e corte uma cenoura grande em rodelas para um recipiente pequeno, de seguida polvilhe com 2 colheres de sopa de açúcar, espere que o açúcar derreta (ideal fazer de manhã para servir à tarde ou à noite) e dê uma colher de sopa do caldo de manhã e outra à noite.
  • Mel com limão: Estes dois ingredientes são ideais para fortalecer o sistema imunitário e combater a tosse. O limão é rico em vitamina C e o mel é um excelente antibiótico natural. Para preparar este remédio, deve misturar uma boa quantidade de sumo de limão com mel de abelha e consumir várias colheres por dia.
  • Leite morno com mel: ajuda a aliviar a irritação na garganta da criança, ideal para beber à noite antes do deitar.
  • Cebola: descasque e corte às rodelas metade de uma cebola e coloque num prato junto à cama da criança (por exemplo na mesa de cabeceira), deixe lá alguma horas enquanto o seu filho dorme, não feche por completo a porta do quarto pois o cheiro fica muito intenso.
  • Chá de canela: RECEITA: 1 pau de canela, 3 cravos da índia, 1 rodela de limão e 1/2 L de água, ferva tudo durante 5 minutos e coe quando arrefecer, se quiser pode adoçar com uma colher de mel, bebe duas chávenas deste chá por dia (A canela e o cravo da índia são bactericídas e ajudam a eliminar os microorganismos causadores da tosse).

CURSO AUXILIAR ACÇÃO EDUCATIVA CLIQUE AQUI!

Espero ter ajudado,

Sofia Cruz

Anúncios

Está grávida? Saiba se pode ou não pintar o cabelo!

avoid-hair-color-during-pregnancy

Este é um assunto que desperta uma enorme dúvida nas gestantes, existem muitas opiniões, umas a favor e outras não, mas apesar de ser um tema abordado frequentemente pelas futuras mamãs ainda não existem pesquisas com conteúdo sólido que indiquem se é bom ou não pintar o cabelo durante a gestação, mas o mais aconselhável é não pintar pois os químicos da tinta são absorvidos pelo couro cabeludo e podem fazer mal ao bebé.

Se realmente o quer fazer espere que o primeiro trimestre da gravidez termine, pois é o período em que há maior risco de mal formações no feto, e opte sempre por tintas naturais ou sem amoníaco ou pelas madeixas pois a tinta não é aplicada diretamente no couro cabeludo.

Na minha opinião melhor do que ficar bonita é proteger o seu bebé e optar por não pintar o cabelo!

Beijinhos,

Sofia Cruz

Um dia a não esquecer!

DSC05641.JPG

Hoje de manhã acordei e subitamente tive uma sensação estranba, como se me estivesse a escapar alguma coisa ou mesmo como se me faltasse qualquer coisa que não conseguia definir concretamente, rapidamente,depois de algumas voltas à mente, olhei para a minha esquerda e não vi a minha pimpolha mais nova ao meu lado, fez-se logo um click, a princesa dormiu até às 8h00 na cama dela e não me acordou uma única vez a noite toda, garanto- vos que em 30 meses de vida (dela), isso nunca aconteceu, dei um pulo estava aflita será que ela está bem, fui a correr ao quarto das princesas e lá estavam elas a dormirem como anjinhos!

Sem dúvida está manhã foi memorável para mim, só espera ter muitas mais noites de sono profundo e seguido como esta, pois o que tem sido mais difícil para mim nestes últimos anos é mesmo a privação do sono, tenho olheiras profundas que acho que já não irão desaparecer hehehe

Bjx

 

Sofia Cruz

Já cheira a Natal!

Já tem cheirinho de Natal cá em casa, nós adoramos esta época e este ano resolvi ensinar às crianças, principalmente à mais velha, que o Natal não é só receber prendas mas também dar e espalhar amor, por isso iremos ajudar uma família que muito precisa com um cabaz de Natal feito por nós! A árvore de Natal apesar de ter duas crianças e uma gata sempre à sua volta por enquanto ainda está de pé!!!

 

received_1240981989302555

received_1240990092635078

img_20161120_173921

received_1240989999301754

 

 

Zombie mom!

Alguém mais já se sentiu assim? Com o modo zombie activado?! Estas últimas duas semanas tem sido cansativas para mim, ao resolver que já estava na hora da menininha Leticia passar da cama de grades para a cama de baixo do beliche, nunca pensei que as minhas noites seriam tão atribuladas, chego a levantar me 4 vezes por noite, confesso que muitas vezes opto pelo meio mais fácil e deito-a na cama da mamã e do papá, com esperança de dormir 2 horas seguidas.

Nas primeiras noites ela não estava muito convencida com a cama nova, comprámos uns edredons todos catitos e ela começou a gostar da cama e a chamar-lhe de “cama linda”, ela até gosta da cama de menina crescida só não gosta de lá estar sozinha, acorda de hora a hora num choro alto que me assusta, deito me ao seu lado para ela adormecer assim que me levanto ela acorda, outras vezes vem no escuro e quase me mata de susto, ando exausta ela também, a adaptação tem sido complicada, com estas trocas e baldrocas durante a noite perco o sono ela também, faz birra para ver o panda e acorda a mana mais velha, tem sido uma experiência desgastante que espero que passe rápido porque qualquer dia já durmo em pé 🙂

Com sorte será só uma fase!

Beijinhos,

Sofia Cruz

Ups! Ela disse um palavrão!

received_1275078435849074

 

Ups! Ela disse um palavrão e agora!? Ontem pela primeira vez a minha menininha de dois aninhos soltou um grande palavrão cá para fora em alto e bom som e com todas as letras e sílabas bem ditas, enquanto brincava sozinha na mesa da cozinha, com as plasticinas e eu lavava a loiça, fiquei estarrecida e com um nó no estômago, só conseguia pensar…Como? Onde ela ouviu? Quem o disse?

A minha reacção foi não dizer nada, tentei fazer o caso despercebido, pensei que talvez assim, não dando importância ao acontecimento que ela não o repetisse, enganei-me e muito bem enganada, passados uns minutos enquanto brincava com o pai soltou o palavrão cá para fora, novamente ficámos sem reacção, nunca pensei que ouviria uma palavra daquelas da boca do meu anjinho querido, por incrível que pareça a minha filha de sete anos nunca disse um único palavrão às vezes chega da escola muito indignada porque os meninos ou meninas disseram uma palavra feia na escola mas é incapaz de o pronunciar, tão fofa!

A realidade é que muitas vezes as crianças nem sabem o que é que estão a dizer, apenas o dizem porque ouvem e imitam os adultos, tal como a minha bebezinha já deve ter ouvido de alguém e agora achou piada repetir, confesso que ainda estou um pouco chocada e se a ouvir dizer aquilo novamente não sei como reagir é algo novo com que tenho de lidar e não sei como!

Beijinhos Sofia Cruz

Uma mãe à beira de um ataque de nervos!

12472484_1056572544427478_3740770916659615975_n

Existem dias difíceis neste nosso mundo materno, dias estes que custam a passar e em que a hora da cesta e do descanso parece que nunca mais chegam!

Hoje foi um desses dias, dia em que as crias não se entendem, gritos, choros, queixinhas constantes entre muitas outras coisas, dia em que o quarto não fica mais que cinco minutos arrumado, em que a sala parece um mar de brinquedos, dias em que comem mal ou mesmo quase nada, dias quentes em que elas ficam irritadas com o calor dentro e fora de casa, existem dias difíceis e cansativos em que manter a calma e o bom humor não é fácil ou atrevo me mesmo a dizer quase impossível e hoje foi um desses dias!

DESCUBRA AQUI TUDO O QUE É MELHOR PARA SI E PARA O SEU FILHO!

Amanhã será um novo e melhor dia!

Beijinhos,

Sofia Cruz