Eu não sou uma super mãe!

 

images

Aos olhos do mundo eu tenho que ser uma super mãe, uma super mulher, uma super tudo foi essa a responsabilidade que a sociedade colocou sobre mim…mas na realidade eu não sou, muitas vezes não tenho vontade de fazer nada, faço mesmo por obrigação, muitas vezes quero mergulhar nos cobertores da minha cama e dormir 48 horas seguidas, mas a verdade é que não posso, apesar de não me considerar uma super mãe, aos olhos dos meus bens mais preciosos eu tenho que o ser, a vida de uma mãe não é fácil, não é fácil assumir este papel e interpretá lo na perfeição existem dias mais fáceis outros mais difíceis, outros em que eu penso que fiz tudo certo, outros em que eu penso que fiz tudo errado, existem dias em que eu só quero sorrir outros em que eu só quero chorar, a maternidade tem destas coisinhas que nos pesam na cabeça e na alma, será que agi bem? será que agi mal? existem muitos “ses” que podem facilmente ser resolvidos basta confiarmos em nós próprias e nas nossas capacidades e não tentar mos ser o que não somos, ou dar mos ouvidos a críticas maldosas, o meu maior conselho é que descompliquem não vale a pena tentarmos agir segundo os padrões exigidos ou impostos pelos outros, eu sou a melhor mãe que consigo ser, é este o pensamento que devemos ter.

Se sou uma super mulher? não, não sou…também não sou uma super mãe, mas sou  super apaixonada pelas minhas crias, sou super interessada pelas suas histórias, sou super dedicada, sou super preocupada com elas, sou super amiga delas, sou super eficaz consigo despachar me para sair com elas, arrumar a casa estender roupa e lavar a loiça tudo isto em 45 minutos, sim também tenho alguns poderes!!!

Beijinho

Sofia Cruz

Anúncios