Super proteger!

crianc3a7as-1

 

“Super proteger, é como, manter uma árvore num vaso pequeno, sem que ela possa crescer”, como eu concordo!

Na minha opinião existem muitas coisas que as crianças podem fazer e aprender por si próprias, nós como pais e seus educadores, não devemos fazer-lhes tudo, devemos dar-lhes espaço para que possam aprender com os seus erros e incutir lhe responsabilidades, por exemplo, uma criança apartir dos 3 ou 4 anos de idade, já pode (e deve) arrumar o seu quarto ou os brinquedos que deixou espalhados pela casa, já pode ajudar a tirar o lixo do WC, ajudar a levantar a mesa ( claro que apenas as coisinhas mais simples e que não sejam perigosas), eu sempre eduquei e continuo a educar as minhas filhas para serem jovens independentes e autónomas faz parte do crescimento, na minha opinião uma criança super protegida é uma criança enjaulada que não pode mexer se ou sujar se à vontade, faz-lhes bem fazerem as suas descobertas, não devemos criar os nossos filhos numa bolha protegidos de tudo, devemos criá-los e educá-los para o mundo, embora sejam um pouco difícil nos dias de hoje, devido a diversos fatores.

Eu como mãe preocupo me, mas não lhes faço todas as vontades nem cedo a todos os caprichos mas deixo-as explorar o mundo à sua vontade e ao ritmo delas, se elas querem sujar-se que se sujem, um bom banho resolve, sempre ouvi dizer que crianças super protegidas tornam se adultos inseguros, a realidade é que pais super protectores transmitem aos filhos as suas próprias inseguranças e medos e isso não é saudável para ambas as partes, por isso o melhor será mesmo dar um pouco liberdade e dar espaço para aprenderem com as suas pequenas aventuras.

Beijinhos

Sofia Cruz

Anúncios